Quem Somos Flavia Benevides Foz

Surdo ou sonoro - Nível 1

Home / Produto / Surdo ou sonoro - Nível 1
R$
25,00
Comprar
Este produto também auxilia:
Esta atividade trabalha a atenção e a discriminação auditiva de pares mínimos, além de estimular a memória e a nomeação rápida. Nela o aprendiz deve ouvir uma ou duas palavras e associá-las a figuras ou a bolinhas coloridas, segundo o traço de sonoridade.
Contém: dois arquivos apresentados em Power Point (Microsoft) com pares de figuras que se diferenciam pelo traço de sonoridade. Há também uma atividade de nomeação individual, duas de nomeação rápida (RAN) e uma de memória e dedução.
Arquivos disponíveis apenas para download.
 
Comprar

Mais Informações

OBJETIVO
A atividade SURDO SONORO tem como objetivo a discriminação do traço de sonoridade. Direciona a atenção do aprendiz para a sutileza da diferença sonora versus a grande diferença de significado. Trabalha também o acesso ao léxico, através da nomeação individual e do RAN.
COMO UTILIZAR
Esta atividade contém dois arquivos para download em Power Point e um em Word (PDF)- compatíveis com o Microsoft Office.
 Cada um dos arquivos em Power point contém uma sequência de atividades com 13 pares de palavras que se diferenciam pelo traço de sonoridade - pares mínimos.
Em um dos arquivos as figuras são apresentadas com uma moldura verde (surda) ou vermelha (sonora). No outro arquivo as figuras são apresentadas sem este apoio.
 A compreensão auditiva pode e deve iniciar com a compreensão das instruções. A cada fase, o aprendiz ouvirá instruções para que possa jogar.
 IMPORTANTE: NÃO UTILIZAR AS SETAS DO TECLADO OU A TECLA DE ENTER – estes comandos não executam os sons. Usar sempre o mouse e as setas do jogo.
Esta atividade está dividida em seis partes:
1- Associar as duas palavras ouvidas às figuras correspondentes. Exemplo: ouve faqueiro-vaqueiro e tem que associar à figura correta - em oposição as outras 3: vaqueiro/vaqueiro – faqueiro/faqueiro – vaqueiro/faqueiro.
2 – Associar as duas palavras ouvidas correspondentes às figuras (par mínimo) às bolinhas verdes (surdos) ou vermelhas (sonoros), na sequência que são apresentadas.
3 – Associar a palavra ouvida relacionada com uma das figuras (par mínimo) à bolinha verde (surdo) ou a vermelha (sonoro).
O terapeuta deve a cada erro, solicitar que o aprendiz escute novamente a(s) palavra(s), e só então clique em outra resposta, refletindo e justificando porque errou anteriormente.
4 – Nomeação isolada: cada figura é apresentada individualmente para nomeação. Pode haver monitoramento do tempo de nomeação, e o desafio de diminuí-lo em uma nova tentativa.
O terapeuta deve controlar o avanço das figuras, clicando nas setas do teclado, para que só haja avanço no caso da nomeação correta.
5 – RAN: o objetivo é a nomeação rápida de três pares de palavras surdo/sonoro em cada ficha. Além do tempo, o objetivo é diminuir os erros.
6 – Na sequencia do RAN tem o “Olho vivo”:  são apresentados os 13 pares de figuras ao mesmo tempo e, em seguida, são excluídas 4 figuras. A criança deve deduzir quais foram excluídas à partir das que ficaram, lembrando que todas as figuras tem seu par (dedução e memória).
 
FAIXA ETÁRIA/ESCOLARIDADE
acima de 5 anos 
OBSERVAÇÕES IMPORTANTES
Pode ser solicitado que as crianças já alfabetizadas escrevam as respostas, o que possibilita o trabalho de associação fonema-grafema, além da escrita ortograficamente correta, uma vez que vários pares possuem múltiplas representações. Sugerimos associar ao uso do Marcador SOS Ortografia.


RECUPERAÇÃO DE SENHA
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.